Dicas e Curiosidades

ver todos

Saiba a diferença entre deletar ou colocar um vírus em quarentena

Postado em 29/08/2013

Saiba a diferença entre deletar ou colocar um vírus em quarentena

Vírus, no geral, é um dos maiores problemas para usuários de computador. Eles podem se passar por programas que você costuma usar e, assim, se infiltrar cada vez mais no sistema.

Normalmente, quando o antivírus encontra um arquivo que considera maligno, oferece duas opções ao usuário: deletar ou colocar em quarentena. Enquanto a primeira promete apagar completamente a praga, a segunda o mantém no PC, procurando por rastros dela que, caso fossem eliminados, poderiam comprometer o bom funcionamento da máquina.

Veja mais diferenças entre deletar ou colocar um vírus em quarentena.

Deletar
É a ação de se livrar de vez do arquivo – no caso, o vírus. Ao deletar, ele é apagado para sempre do sistema. Entretanto, o antivírus pode acusar que há malwares em programas que são essenciais para o correto funcionamento de sua máquina. Nesse caso, se deletar o programa, pode acontecer de seu computador não operar mais de forma correta.

Quarentena
Nessa situação, o vírus não é deletado ou apagado. Ele é guardado em determinada área e fica “afastado de suas funções” durante um tempo. O antivírus faz isso porque, caso a praga seja muito forte, sua remoção (por meio do processo de deletar) pode afetar todo o funcionamento PC. Então, enquanto a mantém em quarentena, continua rodando o sistema em busca de mais problemas – todos eles ligados ou causados pelo vírus em quarentena.