Dicas e Curiosidades

ver todos

10 dicas para proteger seu computador de vírus e invasões

Postado em 10/05/2013

3 dicas para se proteger dos vírus que circulam no Facebook

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Na briga de gato e rato entre os criadores de pragas na internet e os fabricantes de antivírus e firewalls, você só fica imune quando toma uma série de cuidados ao usar o computador e deixa a tecnologia lidar com a maior parte das ameaças - que, aliás, são muitas. Muitas mesmo.

Segundo dados da especialista em segurança McAfee, suas chances de tornar-se uma vítima do crime cibernético são de um em quatro.

Vamos ser sinceros: fugir dessa estatística assustadora vai dar algum trabalho. Mas seguir a cartilha do CERT.br, o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil, está longe de ser uma coisa difícil. Aqui vai um resumo em 10 dicas:

1. Tem que ter antivírus

E ele precisa estar atualizado - tanto o programa quanto as definições de pragas. Não quer arriscar? Então vá de UOL Antivírus.

Mas isso não é o suficiente. Um bom firewall instalado ajuda a evitar ataques por programas de download e compartilhamento, por exemplo.

Checar periodicamente os arquivos de log de ambas as ferramentas é uma boa maneira de saber se sua conduta como internauta é segura.

2. Programa velho é porta de entrada

Por isso, ao descobrir alguma vulnerabilidade, fabricantes de software lançam atualizações - e você precisa instalá-las.

Configure os programas para baixar os pacotes automaticamente ou use uma ferramenta como o PSI, que verifica se eles estão em sua versão mais recente.

Algum aplicativo não é mais útil? Então apague-o, pois ele pode ser uma janela para invasores.

3. Pirataria é crime e não compensa

O CD comprado no camelô pode ter vírus. O arquivo baixado ilegalmente, também. Então nada de pirataria - até porque o fabricante não vai te deixar atualizar um programa, digamos, genérico.

Ao comprar um computador, peça as licenças de uso de software. Precisa muito de um aplicativo e não tem dinheiro para comprá-lo? É bem provável que haja alternativa mais barata ou gratuita com funcionalidades parecidas.

4. Vá a fundo na segurança dos programas

Você sabia que, no Firefox, é possível definir uma senha-mestra para liberar todas as outras armazenadas na memória do navegador? E que também dá para desativar macros no Excel para limitar a ação de planilhas com vírus embutido?

Sempre vale a pena conhecer os recursos mais avançados de todo software para aumentar a segurança do PC.

5. Você é aquilo em que clica

E seu computador, coitado, é quem sofre. Portanto, só abra o que for confiável. Complementos de navegador para verificar links encurtados podem ajudar. Ao desconfiar de um e-mail, mesmo enviado por um conhecido, não o abra. O remetente pode ter sido falsificado.

E cuidado com as extensões ocultas. Abrir um documento pelo Word, por exemplo, pode te fazer confundir o arquivo "texto.scr" renomeado para "texto.scr.txt".

7. Conta de administrador é para administrar

Mesmo sendo o dono da máquina e sabendo o que pode ou não instalar, você não precisa usar o tempo todo um login com plenos poderes. Assim se evita apagar, por acidente, um arquivo importante para o funcionamento do sistema operacional ou instalar um código malicioso.

O ideal é usar uma senha de administrador somente quando ela for necessária, e rapidamente.

8. Cuidado com o cara da manutenção

O sobrinho daquele amigo seu pode não ser a melhor pessoa para cuidar do computador. Prefira uma empresa com boas referências. Antes de mandar a máquina para o conserto, faça backup dos arquivos e deixe bem claro que você não permite a instalação de programa pirata. Se possível, peça para o técnico ir até sua casa e acompanhe todo o serviço (o UOL Assistência Técnica oferece essa alternativa).

9. Em público, desconfie de tudo e de todos

Vai usar o computador num evento? Verifique se é possível instalar cabos de aço ou cadeados para evitar furtos.

Quando sair de perto da máquina, mesmo que por um minuto, bloqueie a tela - e, claro, proteja-a com senha. Para o caso de você ser roubado, garanta que o disco esteja usando criptografia, assim pelo menos seus dados não poderão ser acessados.

10. No micro dos outros, você é visita

E, como tal, comporte-se para evitar danos ao dono da casa e a você mesmo. Ao usar um computador que não te pertence, como numa lan house, é recomendável rodar um antimalware online. Você também pode usar a ferramenta gratuita do UOL Antivírus para fazer uma varredura na máquina.

Ainda assim, não faça transações bancárias, nem compre nada. Ao navegar, prefira o modo anônimo e não salve suas senhas. Ao sair, limpe os pés. Ou melhor, os cookies. =)