Dicas e Curiosidades

ver todos

4 cuidados para baixar livros digitais

Postado em 12/02/2015

4 cuidados para baixar livros digitais

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Você já deve ter lido algum livro digital (os e-books). Práticos, você consegue levar milhares deles na sua mochila nos e-readers, sem se preocupar com o peso daquele tomo de 700 páginas.

Isso sem falar no espaço! Já imaginou armazenar mais de 1.500 livros dentro de casa? Seria preciso, no mínimo, um cômodo inteiro de estantes e mais estantes. Mas os leitores de e-book podem fazer isso ocupando apenas uma pequena porcentagem da sua escrivaninha.

Não é à toa que eles são populares. Para se ter uma ideia, a Amazon, responsável pela venda do leitor de e-books Kindle, já vendeu cerca de 400.000 unidades do seu leitor no mundo. E ela é apenas uma das empresas desse setor. Isso sem contar que você pode ler os e-books em tablets e smartphones com facilidade.

Mas tudo tem um outro lado. O crescimento na popularidade dos leitores eletrônicos está caminhando em conjunto com o aumento da ação dos criminosos digitais. Nos últimos meses, por exemplo, proprietários de Kindles relataram no Twitter problemas de roubo de dispositivos e sequestros de contas ao terem seu equipamento invadido.

Outra ação está em prometer livros em pdf gratuitos nos buscadores na internet só como chamariz para infectar a sua máquina.

Mas está longe de ser só isso. Para ajudar, nós criamos uma listinha com os principais riscos desses dispositivos e, claro, como evitá-los. Confira:

1. Roubos reais

Você corre o risco de ter seu dispositivo roubado. Por serem compactos e leves, os dispositivos são visados, especialmente em meios de transporte como ônibus ou metrô.

O problema é que, atualmente, muitos e-readers não oferecem proteção por senha ou bloqueio, deixando seus arquivos disponíveis para qualquer um que tenha acesso ao aparelho.

Nesse caso, é importante criar bons hábitos de segurança. Mantenha seus dispositivos guardados em segurança, preferencialmente em cases ou suportes difíceis de serem acessados.

2. Falsa identidade

Uma vez que o aparelho não pode ser bloqueado, o roubo dele pode significar alguém se conectando a partir da sua identidade e, inclusive, comprando e-books com o seu cartão de crédito. Essa foi, inclusive, uma das reclamações relatadas por usuários no Twitter.

Caso isso aconteça, não cancele apenas o seu cartão de crédito, procure encerrar também a sua conta da Amazon, criando outra com novos dados. No entanto, você deve saber que o ladrão poderá continuar usando seu e-reader com nova conta ou cartão cadastrados.

3. Pragas

Por utilizarem a rede 3G sem fio compartilhada por celulares e navegadores da web para se conectar às lojas de e-books, os dispositivos correm o risco de capturarem malware em uma mensagem de e-mail, um arquivo ou página da web.

Dessa maneira, procure acessar sempre sites de confiança para evitar que seu dispositivo seja infectado. Evite sites que você nunca tenha ouvido falar e, caso seja essencial utilizá-los, procure referências e recomendações antes de fazer o download.

4. Navegador

Seu histórico de navegação pode conter informações específicas e confidenciais, que podem dar a possíveis invasores detalhes sobre a sua rotina.

Sempre lembre de limpar o seu histórico de navegação para evitar que pessoas mal intencionadas possam acessar seus dados.