Dicas e Curiosidades

ver todos

4 dicas pra criar uma senha segura

Postado em 06/05/2014

4 dicas pra criar uma senha segura

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

É bem comum. Você está fazendo seu cadastro em um site ou rede social e precisa digitar a senha. Escolhe a palavra para a senha e, mesmo com o aviso que a senha é fraca, você segue em frente com o cadastro, ignorando o lembrete. Ou, ainda, repete a mesma palavra em vários sites.

Se você faz alguma dessas coisas, temos uma péssima notícia: você está se arriscando. E está longe de ser o único. Segundo dados da Intel, nada menos do que 74% dos usuários de internet usam a mesma senha para acessar vários sites e serviços. O problema aqui é óbvio. Basta descobrir a sua senha em um portal, que toda a sua vida digital estará nas mãos do cibercriminoso. De redes sociais a bancos, afinal, as senhas são todas iguais.

O roubo de senhas é muito mais comum do que você imagina. E não são só criminosos virtuais especializados que o praticam, não. Pode ser alguém bem próximo de você, como um namorado ciumento ou esposa possessiva, por exemplo, que pode invadir as suas contas para ter acesso ao seus e-mails ou mensagens.

Para evitar esse problema, é preciso seguir alguns passos simples. Antes de mais nada, não ignore mais o aviso de senha fraca e evite ter vários portais e redes sociais acessados com a mesma senha. Garantimos que o esforço não será em vão. Para ajudá-lo nesse processo, separamos quatro dicas valiosas que devem ser seguidas para a criação de uma senha segura:

Use letras, números e símbolos em uma senha longa

Sempre misture números com letras maiúsculas e minúsculas e símbolos. Alguns sites, inclusive, já exigem isso por medida de segurança. Mas é importante que esse processo seja utilizado em todas as contas, inclusive naquelas que permitem que a senha seja só numérica, por exemplo.

Atente-se também ao tamanho do código. O recomendado é que ele tenha, pelo menos, oito caracteres. Na hora de criá-lo, vale algumas técnicas para dificultar que terceiros descubram, mas em contrapartida, fique fácil para você memorizar.

Por exemplo, os símbolos utilizados podem formar uma palavra, como : MinhaV1D@. Nesse caso, a construção conta com letras maiúsculas, minúsculas, letras e símbolos. E os caracteres podem ser entendidos como a palavra vida, o que facilita na hora de lembrá-la.

Não utilize datas e palavras óbvias

Mesmo mesclando caracteres, selecione coisas que façam sentido para você, mas não para os outros. Por exemplo, juntar seu sobrenome com a data de nascimento resulta em uma senha fraca, mesmo tendo números e letras. Isso porque, com um pouco de esforço, ela pode ser descoberta.

Pense em outras datas importantes, como aniversário de casamento ou algum outro dia importante. Procure datas mais íntimas que não sejam óbvias para alguém mal intencionado. O mesmo raciocínio deve ser seguido na hora de escolher as palavras.

Use senhas diferentes para cada site

Como dito no começo do texto, a incidência desse erro é grande. Por mais que você ache trabalhoso criar e memorizar diferentes senhas, essa é, inevitavelmente, uma das medidas de segurança mais importes a serem tomadas.

Uma dica para quem ainda precisa se acostumar com essa ideia, é usar códigos diferentes para cada grupo de sites. Por exemplo, use um código para o internet banking, outro para redes sociais, e um terceiro para suas contas de e-mail. Assim, você aumenta sua segurança, e diminui o número de caracteres para memorizar.

Mude as senhas com frequência

Você deve trocar todas as suas senhas com periodicidade. O recomendável é que isso seja feito a cada dois meses.

Crie algumas regras para que você não se perca com a mudança e lembre com mais facilidade dos códigos. Por exemplo, você pode criar um sistema de rotação, e ir utilizando a senha que era de um site, agora em outro.

O importante é que os códigos sejam atualizados frequentemente para aumentar a segurança de suas contas.

Agora que leu essas dicas, responda com sinceridade, suas senhas são seguras?