Dicas e Curiosidades

ver todos

4 histórias reais que poderiam estar na nova temporada de Black Mirror

Postado em 30/03/2017

4 histórias reais que poderiam estar na nova temporada de Black Mirror

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Provavelmente você já ouviu falar de Black Mirror, série disponível na Netflix. Com três temporadas lançadas e uma quarta a caminho, o seriado de ficção científica conta uma história diferente a cada capítulo e aborda as consequências bem pouco felizes da escalada da tecnologia em nosso cotidiano.

Mas será que os temas da série são apenas ficção? Longe disso! Listamos, abaixo, quatro histórias que aconteceram na vida real, mas poderiam perfeitamente integrar a nova temporada de Black Mirror. Confira:

1. Pessoas em 3D

Um aplicativo da empresa Elrois pretende escanear o rosto de qualquer pessoa – mesmo se ela não estiver mais viva! – e utilizar inteligência artificial para dar um comportamento ao avatar inspirado na pessoa real, criando um modelo virtual em 3D.

A ideia é criar versões digitais de qualquer pessoa e, no futuro, manter a memória de alguém no computador. Quem sabe até tirar selfies inéditas com pessoas que já partiram desse mundo.

2. Abelhas drones

A extinção das abelhas, responsáveis pela polinização de várias plantas, poderia causar o fim de muitas espécies. Sem elas, as florestas não existiriam, extinguindo a vegetação e, por consequência, muitas espécies animais.

Tentando evitar esse problema, um grupo de pesquisadores está trabalhando na criação de abelhas robóticas, que nada mais são que drones polinizadores programados para exercer o mesmo papel das abelhas: impulsionar a polinização das flores.

3. BBB da vida real

Se você achava que estava 100% seguro no conforto de seu lar, talvez seja melhor repensar isso e tomar algumas medidas de segurança. Por exemplo, fazer sexo na sala de casa, em um sofá confortável e de frente para sua smart TV, pode ser arriscadíssimo.

Informações da Revenge Porn Helpline, entidade que ajuda vítimas que têm a intimidade exposta por vingança, revelam que um casal que fazia sexo no sofá da sala de sua residência teve o ato gravado por um hacker que invadiu a TV inteligente.

Apenas quando a gravação foi divulgada em um site e amigos do casal viram o vídeo é que a notícia vazou. A invasão de televisões inteligentes e de suas câmeras já é prática corrente.

4. Streaming mortal

Um streamer de 35 anos, conhecido como “Poshybrid” Vigneault, morreu em fevereiro depois de transmitir partidas do jogo online World of Tanks por 22 horas seguidas. O objetivo era passar 24 horas jogando e transmitindo ao vivo para arrecadar fundos para a fundação Make-A-Wish, que concretiza desejos de crianças doentes. No entanto, na 22ª hora de transmissão o gamer pediu licença para fumar um cigarro e não apareceu mais na frente das câmeras.

A princípio, seu público pensou que ele tinha sido vencido pelo sono. Mas sete horas depois de seu sumiço um dos moderadores do chat enviou uma mensagem perguntando se tudo estava bem. A reposta veio de um detetive de polícia da Virgínia e, então, o caso se esclareceu: “Poshybrid” foi encontrado morto por causas ainda não determinadas, deixando mulher e três filhos.

E então? Lembra-se de mais algum caso “Black Mirror” para compartilhar com a gente?