Dicas e Curiosidades

ver todos

4 coisas que você precisa saber sobre o desafio Baleia Azul para proteger o seu filho!

Postado em 17/05/2017

4 coisas que você precisa saber sobre o desafio Baleia Azul para proteger o seu filho!

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Recentemente, um novo desafio na internet chocou o Brasil. O jogo da Baleia Azul ganhou fama rapidamente por consistir em uma série de 50 desafios feitos a jovens por pessoas desconhecidas, por meio das redes sociais. O último deles é cometer suicídio.

Ao passo que mais e mais denúncias foram sendo recebidas pela polícia em todo o país, e fora dele, os pais ficaram cada vez mais preocupados com a situação. Para ajudá-los a proteger seus filhos, selecionamos os fatos mais importantes sobre esse mórbido desafio.

Tudo começa nas redes sociais

Ainda não há confirmação de onde ou como o jogo começou, e as investigações revelaram pouco sobre o obscuro mundo desse jogo de mutilação e morte. O que se sabe é que os chamados curadores do desafio convidam os adolescentes por meio de redes sociais, como Facebook e também Whatsapp.

Por conta disso, boa forma de prevenir que seu filho se envolva com a Baleia Azul é monitorar as mídias sociais que ele acessa e com quem conversa nos aplicativos de mensagens. Se detectar alguma menção ao desafio, converse com seu filho e entre, imediatamente, em contato com a polícia.

As vítimas já têm algum desequilíbrio emocional

Normalmente, os adolescentes que se interessam pelo jogo já apresentam algum tipo de desequilíbrio emocional, como depressão e ansiedade. Muitos sofrem bullying na escola e encontram no jogo uma forma de ter “coragem” para tirar a própria vida.

Quando são notados comportamentos como isolamento social, pouco ou muito apetite e sono desregulado o ideal é conversar com o adolescente e tentar entender o que está acontecendo com ele.

Conte sempre com a ajuda dos amigos, pais dos amigos, professores e, claro, de profissionais de saúde para ajudar.

Antes do desafio final, os participantes devem se mutilar

Se aceitar o desafio, a vítima passa a receber uma série de tarefas que deve cumprir. Algumas são mais simples, como desenhar uma baleia azul em um papel. Outras envolvem cortar lábios, braços e pernas, ou furar a palma da mão repetidas vezes. Também são considerados desafios assistir a filmes de terror durante a madrugada e ouvir as músicas que os curadores escolhem.

Repare se seu filho passou a ter frequentes hematomas, usa roupas compridas mesmo quando está calor e se anda mais afastado, evitando de ter contato físico com outras pessoas. Esses são alguns indícios de que ele pode estar praticando automutilação.

Caso desistam, as vítimas são ameaçadas

Já é sabido, também, que os participantes são frequentemente ameaçados se não cumprem os desafios. Os curadores do jogo afirmam que descobrirão nome e endereço das vítimas e ameaçam até assassinar a família de quem está envolvido com o desafio Baleia Azul. As ameaças levam os adolescentes a ter medo de contar para alguém que entraram no jogo.

É muito importante conversar com o seu filho sobre esse e outros perigos da internet para que, caso algo nesse sentido aconteça, ele se sinta seguro para conversar com você.