Dicas e Curiosidades

ver todos

A maioria das VPNs para Android coloca a privacidade do usuário em risco

Postado em 30/03/2017

A maioria das VPNs para Android coloca a privacidade do usuário em risco

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Na teoria, uma VPN (rede virtual privada) é essencial para criptografar seus dados em locais públicos, acessar conteúdos restritos e até mesmo driblar bloqueios impostos pela Justiça, como o do WhatsApp. Por outro lado, na prática, a maioria das VPNs gratuitas para Android coloca a privacidade do usuário em risco.

Para ser mais preciso, segundo pesquisa da Universidade da Califórnia em conjunto com a Organização de Ciência e Indústria da Austrália (CSIRO), 84% das VPNs gratuitas para Android incluem bibliotecas de rastreamento de terceiros. Em outras palavras, os dados de tráfego do usuário são vazados. Isso sem falar que 82% desses aplicativos solicitam acesso a informações sensíveis, como mensagens de texto SMS e contas do usuário. Ao todo, o estudo analisou 283 aplicativos gratuitos disponíveis no Google Play, a loja oficial do Android.

Como se não bastasse tudo isso, a pesquisa revela que 38% das VPNs contêm algum tipo de código malicioso, detectado pelo recurso VirusTotal. Para piorar a situação, ao contrário do que prometem, 18% dos aplicativos não contam com nenhum tipo de criptografia.

Alguns dos aplicativos mais perigosos quanto à privacidade são Neopard, Dash VP e DashNet. De modo geral, eles interceptam os dados de tráfego diretamente. Então, se um usuário abrir seu e-mail os operadores conseguem ler todas as mensagens tranquilamente. Como justificativa, os aplicativos dizem que coletam esses dados para aumentar a velocidade da conexão.

Como o estudo foi realizado durante o ano passado, algumas dessas VPNs já foram removidas do Google Play.

Como escolher uma VPN para se conectar

Apesar de tudo, uma rede virtual privada pode ser a opção mais segura em muitas ocasiões, como quando você precisa se conectar em um Wi-Fi público. Se você se vê nessa situação, recomenda-se usar um serviço pago. Mas lembre-se de que nem isso é garantia de segurança e privacidade. Por isso, vale a pena analisar a reputação da empresa à qual você vai confiar sua conexão.

Quem tem o UOL Segurança Digital instalado no smartphone ou tablet tem ainda mais certeza na hora de escolher uma VPN. Isso porque o programa de segurança do UOL faz um alerta quando um aplicativo apresenta riscos de segurança e de privacidade antes mesmo de o usuário baixá-lo.