Dicas e Curiosidades

ver todos

Quer mais segurança? Aprenda a criptografar o seu pen drive

Postado em 01/06/2016

Quer mais segurança? Aprenda a criptografar o seu pen drive

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Mesmo na idade do cloud computing, o pen drive ainda segue agradando muitos usuários. Muito portátil, cada vez mais barato e armazenando cada vez mais dados, ele costuma ser a tábua de salvação de muita gente que precisa transportar textos e apresentações para reuniões de trabalhos, além de músicas, vídeos ou fotos que podem rodar nos PCs, evidentemente, mas também nas televisões inteligentes ou até no som dos carros mais modernos.

Não é à toa que, até 2018, devem ser vendidas 561 milhões de unidades de pen drives. O que significa que é um dos dispositivos eletrônicos mais populares do mundo – provavelmente você tem um no seu bolso (ou mochila) neste exato momento.

Até aqui, tudo ótimo. Os pen drives são, realmente, muito práticos e úteis. Acontece que nem sempre são seguros. Sem nenhuma proteção, qualquer um que pegar o dispositivo pode ler o que está lá dentro. E é aqui que a criptografia pode ajudar. Confira o nosso tutorial e descubra como fazer as suas informações no pen drive ficarem incompreensíveis para terceiros (e é mais fácil do que você imagina).

Passo a passo da criptografia no pen drive

1 - Escolha um programa de criptografia

Como isso não é sempre possível, vamos usar outra ferramenta de código aberto também interessante: a FreeOTFE (sigla, em inglês, para criptografia em tempo real gratuita). O projeto não está mais sendo atualizado, mas ele é um dos melhores para criptografar os seus dados no seu pen drive sem precisar instalar mais nada.

2 - Prepare o seu pen drive

Para fazer isso, é só clicar em "New". Aí, é só escolher a opção "Volume file" e mostrar o caminho no Windows onde está o seu pen drive (e o nome que você quer o seu arquivo criptografado – como Dados). Um exemplo para ficar mais claro: E:\Dados.vol (se a unidade de disco do seu pen drive for E, claro).

O próximo passo é definir o tamanho da pasta criptografada. Tem áudio e vídeo? É bom separar algo em torno de 1 GB ou mais; se for só texto, pode ser menor.

As duas próximas telas, bem técnicas, podem ficar como estão – você não precisa nem saber do que se trata. Para terminar, é só escolher uma senha. Muita atenção aqui: você precisa ter essa senha em um lugar seguro, caso contrário você não vai conseguir mais abrir seus arquivos!

3 - Coloque os seus arquivos e criptografe

A sua pasta formatada vai aparecer dentro do FreeOTFE como se fosse uma outra unidade de disco. No caso do nosso exemplo, como F:.

Antes de jogar seus arquivos, você precisa formatar esse volume para evitar erros. É só entrar no FreeOTFE, clicar com a tecla direita sobre o F: que você acabou de criar e formatar. É bem rápido.

Pronto. Se você clicar duas vezes sobre o F:, abre uma outra janela e lá você pode colocar tudo o que você quer nesse pen drive.

Para não ter que instalar o FreeOTFE em todas as suas máquinas, vá até o menu "Tools" e clique em "Copy FreeOTFE to USB Drive". Assim, você vai conseguir acessar os seus arquivos secretos de qualquer lugar.

Gostou? Só lembrando que para acessar a sua pasta criptografada você precisa clicar em "Mount" e colocar a sua senha.