Dicas e Curiosidades

ver todos

Atenção: confira os golpes que estão circulando no WhatsApp

Postado em 16/11/2017

Atenção: confira os golpes que estão circulando no WhatsApp

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Com mais de 120 milhões de usuários brasileiros ativos no WhatsApp, os ataques de phishing se popularizaram no aplicativo de troca de mensagens. Volta e meia, criminosos digitais disparam falsas campanhas de grandes empresas para roubar dados dos usuários.

Funciona mais ou menos assim: criminosos disparam mensagens se passando por empresas. Nelas, há uma promoção imperdível. Para participar, o usuário é obrigado a clicar em um link e, na sequência, inserir informações pessoais e, algumas vezes, até bancárias. Claro que esses dados acabam caindo em mãos erradas.

>> Leia também 5 truques para manter sua segurança e privacidade no WhatsApp

Embora essa prática criminosa não seja nenhuma novidade, ela ainda engana muitos usuários. Caso contrário, ela não seria tão popular. Por isso, resolvemos destacar os golpes que estão circulando agora no WhatsApp. Fique atento para não se tornar uma vítima, hein!

Passagens aéreas gratuitas

Com a proximidade das festas de fim de ano, todos buscam desesperadamente por descontos nas passagens aéreas. Sabendo disso, criminosos digitais desenvolveram dois golpes usando indevidamente o nome das companhias GOL e LATAM.

Na primeira campanha maliciosa, é enviada uma mensagem, supostamente da empresa GOL, dando passagens grátis de fim de ano. Para tanto, os usuários devem clicar em um link malicioso e, depois, responder a algumas perguntas. Na sequência, eles precisam compartilhar a promoção (falsa) com dez amigos pelo WhatsApp. Trata-se de uma forma de espalhar o golpe rapidamente.

O segundo golpe obedece ao mesmo procedimento, mas envolve o nome da LATAM. Os usuários recebem uma mensagem avisando que a companhia está dando duas passagens grátis em decorrência de seu 41o aniversário.

Aqui, não precisamos nem falar que, ao clicar nos links maliciosos, você deixa o seu smartphone vulnerável. Para piorar a situação, você não ganha nada.

Golpe usa promoção de O Boticário já encerrada

Outro golpe que está circulando no WhatsApp se refere a uma promoção do grupo O Boticário que já foi encerrada há um bom tempo. Mesmo assim, segundo dados da PSafe, mais de 500 mil usuários caíram na armadilha em poucos dias.

A falsa promoção oferece 1 milhão de Lápis Delineador Make B para quem clicar no link que redireciona a uma página maliciosa. Nela, o usuário deve responder a três perguntas e, mais uma vez, divulgar a promoção para mais dez amigos pelo WhatsApp.

Ao fazer isso, além de não ganhar nada, a vítima acaba se cadastrando em um serviço de assinatura de SMS pago e baixando aplicativos maliciosos em seu smartphone.

Tenha cuidado!

Sabe aquele ditado popular “quando a esmola é demais, o santo desconfia?”. Então, procure levá-lo ao pé da letra na internet. Especialmente quando receber mensagens promocionais pelo WhatsApp que obrigam a clicar em um link. Com certeza, é furada.

Além de certa cautela, o usuário móvel precisa recorrer a outra medida de segurança: um antivírus. Isso porque existem golpes muito bem elaborados que só um programa de segurança é capaz de identificar.

>> Aproveite e veja 10 coisas que você precisa fazer já para manter seu smartphone seguro

Multiplataforma, o UOL Segurança Digital protege smartphones, tablets e computadores contra as mais variadas ameaças virtuais. Quando você clica em um link malicioso, por exemplo, ele faz um alerta para fechar a página. Isso sem mencionar que o antivírus remove todos os códigos maliciosos escondidos em seu sistema.