Dicas e Curiosidades

ver todos

Autenticação em dois fatores: o que é e por que é importante adotar em suas contas

Postado em 21/03/2017

Autenticação em dois fatores: o que é e por que é importante adotar em suas contas

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Basicamente, a autenticação em dois fatores (ou verificação em duas etapas) adiciona uma camada extra de segurança quando você faz o login em algum serviço online. Além de fornecer usuário e senha para acessar sua conta, é preciso inserir uma nova informação para confirmar que é você, de fato, que está fazendo o login.

A verificação em duas etapas já é muito usada para as redes sociais, e-mails ou, até, lojas de comércio eletrônico. O motivo é óbvio: ela torna a vida dos invasores de plantão mais complicada. Isso porque saber a senha da vítima já não é mais o suficiente para acessar contas alheias.

Embora algumas pessoas ainda insistam em se proteger com apenas uma senha – uma senha frágil, ainda por cima –, a verificação em duas etapas não é nenhuma novidade. Aliás, é bem provável que você já faça uso dessa medida no mundo físico. Mais precisamente nos caixas eletrônicos.

Quando você saca dinheiro, além da senha, é preciso colocar sua digital nos leitores biométricos para concluir o processo. Isso garante, em teoria, que só você consegue retirar dinheiro da sua conta nos caixas eletrônicos.

Como a maioria dos dispositivos da Internet das Coisas não possui leitores biométricos, normalmente os serviços online enviam um código para o seu celular via SMS para que você possa concluir o login. Essa informação extra pode ser também uma combinação de números gerada por um token, um dispositivo físico que o usuário deve manter sempre em suas mãos.

Aqui, vale lembrar que muitas empresas de tecnologia trabalham para que, no futuro, as selfies substituam as senhas. Assim, com o reconhecimento facial, apenas os donos dos dispositivos terão acesso a eles.

Por que você deve usar a autenticação em dois fatores agora mesmo

Volta e meia, milhões de dados de grandes serviços online são vazados. Os usuários do LinkedIn, do Dropbox e do Yahoo!, só para citar alguns casos mais recentes, tiveram suas credenciais de acesso divulgadas na internet. Nisso, qualquer pessoa que tivesse acesso a essa lista teria informações suficientes para entrar em contas de outras pessoas.

Por outro lado, se você aplicar a verificação em duas etapas, mesmo que uma pessoa tenha conhecimento da sua senha, ela não será capaz de acessar sua conta em nenhum serviço online. Isso porque o acesso completo depende de informações que só você tem.

Outras medidas para manter suas contas em segurança

Infelizmente, alguns criminosos digitais conseguem interceptar mensagens SMS e, por consequência, receber o código complementar da autenticação em dois fatores. Quanto ao token físico, eles também já conseguiram invadir o sistema da empresa que fornece a combinação numérica.

Por isso, mais do que aplicar a autenticação em dois fatores, você deve tomar outras medidas de segurança. Procure trocar suas senhas com frequência – sem nunca as repetir – e use senhas alfanuméricas.

Para que ninguém consiga interceptar as mensagens de confirmação que chegam ao seu celular, você deve instalar um programa de segurança em seu aparelho. É nessa hora que o UOL Segurança Digital pode ajudá-lo. Além de proteger computadores, ele elimina códigos maliciosos de smartphones e tablets.