Dicas e Curiosidades

ver todos

Botão "da Morte" - conheça o novo recurso que aumenta a segurança dos smartphones

Postado em 23/07/2014

Botão 'da Morte' - conheça o novo recurso que aumenta a segurança dos smartphones

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

No mundo, cerca de 11% dos usuários já tiveram o seu smartphone roubado ou perdido. No Brasil, os números são ainda piores. Pesquisa da F-Secure aponta que 25% dos brasileiros já passou por situação parecida.

Além de um grande prejuízo com a perda do aparelho, a dor de cabeça é bem maior já que, hoje em dia, perder o smartphone significa perder as informações que estão nele - da agenda de contato aos dados bancários. Com todas essas informações, os criminosos digitais ficam não só com o seu aparelho, eles podem ficar com todo o dinheiro que está na sua conta.

Mas a solução para desativar completamente o smartphone perdido já tem nome: Botão ""da Morte" "(o termo em inglês é Kill Switch). Alguma fabricantes, junto com empresas de segurança online, estão desenvolvendo este novo recurso antirroubo para trazer mais segurança ao usuário.

Basicamente, o Botão ""da Morte"" desativa remotamente o aparelho celular impedindo que criminosos consigam usá-lo. As informações bancárias são apagadas, assim como fotos, vídeos e mensagens privadas, que poderiam ser usadas para a prática de cyberbullying.

Por enquanto, o Botão ""da Morte"" foi a melhor resposta encontrada para a segurança dos smartphones, tanto é que os estados de Minessota e da Califórnia, nos Estados Unidos, estudam leis para obrigar todos os novos aparelhos a ter esse software já em 2015. Veja um pouco mais sobre essa nova tecnologia:

Como funciona

Somente o dono do aparelho ou uma pessoa autorizada por ele pode ativar o Botão "da Morte". Basta ligar para a operadora ou acessar um site para enviar o sinal de morte do seu dispositivo. Assim, ele ficará bloqueado e sem nenhuma informação pessoal disponível. Caso o aparelho seja encontrado, apenas o dono pode reativá-lo com o uso de uma senha.

A tecnologia foi bem vista por governos pelo mundo. A discussão fica se o Botão "da Morte" já deve vir instalado em todos os novos smartphones ou se deve ficar à disposição para download gratuito.

Economia

Em uma série de testes pilotos com o Botão "da Morte", foi registrado uma queda no índice de roubo. Não é difícil entender o motivo: a tecnologia impede o ladrão de ter acesso aos dados da vítima e de redefinir o sistema operacional do aparelho, ou seja, o torna praticamente inutilizável.

Uma estimativa feita pela Universidade Creighton mostra que, com a nova tecnologia, os americanos podem economizar 2,6 bilhões de dólares por ano. Anualmente, os usuários gastam 2 bilhões de dólares com seguros oferecidos pelas operadoras e 600 milhões de dólares comprando novos aparelhos, substituindo os roubados.

Em resumo, o Botão "da Morte" significa mais segurança ao usuário e mais economia para o bolso.