Dicas e Curiosidades

ver todos

Brasil é o 3º país que mais sofre ataques mobile

Postado em 13/02/2017

Brasil é o 3º país que mais sofre ataques mobile

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Aplicativos maliciosos. Trojans bancários. Programas espiões. Golpes via WhatsApp e SMS. Com a popularização de smartphones e tablets, as ameaças a dispositivos móveis não param de crescer.

E quando o assunto é ataques mobile, o Brasil, infelizmente, se destaca. De acordo com pesquisa da empresa de segurança Trend Micro, o país é o terceiro que mais sofre ataques mobile no mundo, com 5% do total. Se a notícia já é ruim para os brasileiros, imagine para quem mora na China. O país asiático, que lidera esse ranking, concentra quase 61% de todos os ataques a dispositivos móveis.

Só em 2016, a Trend Micro chegou a identificar e bloquear cerca de 65 milhões de ameaças mobile no Brasil. Entre as que mais se destacaram estão os trojans bancários e o ransomware mobile. Para a empresa de segurança, o crescimento desses ataques se deve, em parte, à criação de aplicativos falsos que imitavam apps populares, como Pokémon Go e Mario Super Run.

Android é o principal alvo

Nesse cenário de ameaça mobile, os dispositivos móveis Android são os mais visados. Aqui, dois detalhes justificam isso. O primeiro é que o sistema operacional do Google é o mais popular do mundo, ou seja, mais dispositivos aumentam as chances de sucesso dos ataques.

O outro detalhe é que o Android permite que os usuários baixem aplicativos fora da loja oficial Google Play. Como a maioria das lojas não oficiais não costuma fazer um filtro de segurança, qualquer aplicativo falso fica disponível nesses canais.

Nesse sentido, a Trend Micro encontrou 19,2 milhões de aplicativos maliciosos disponíveis para download em 2016, um avanço de 80% em relação aos 10,7 milhões do ano anterior. A situação piora quando 1% dos 3,22 milhões de aplicativos da Google Play também era malicioso.

Para completar, a empresa de segurança identificou mais de 30 vulnerabilidades no sistema operacional Android. Cinco delas permitiam que os invasores conseguissem executar um código remoto.

Proteja seu dispositivo!

Não tem mais como ignorar as ameaças mobile. Se você quer que seus dados fiquem protegidos e que seu aparelho tenha um bom desempenho, deve instalar um antivírus nele.

Mesmo que o seu dispositivo não seja um Android, ainda existem vulnerabilidades em aparelho iOS. Portanto, não descarte a possibilidade de instalar um programa de segurança.

O UOL Segurança Digital é compatível com os dois principais sistemas operacionais e elimina programas maliciosos e espiões. Para completar, ele impede que você faça download de aplicativos maliciosos.