Dicas e Curiosidades

ver todos

Estudo afirma que Brasil é o alvo
preferido dos cibercriminosos

Postado em 19/01/2017

Estudo afirma que Brasil é o alvo preferido dos cibercriminosos

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Os cibercriminosos não estão para brincadeira com os brasileiros. De acordo com relatório da empresa de segurança digital Fortinet, o Brasil foi o país que mais recebeu ameaças virtuais por e-mail no mundo inteiro nos meses de abril, maio e junho deste ano.

Um dos motivos para essa concentração de ataques nas vítimas daqui foram os Jogos Olímpicos. De acordo com os especialistas, o evento ajudou os criminosos a criar iscas virtuais.

Além disso, o estudo ainda mostra que a criação de sites maliciosos avançou 83% no país. E, levando em conta todos os tipos de ameaça, houve um crescimento de 200% no número de tentativas de invasão virtual em comparação ao trimestre anterior.

Por mais que as ameaças tenham se intensificado nesse período, os métodos de ataques são tradicionais e fáceis de ser executados. De modo geral, a maioria das invasões acontece por meio de força bruta e ataques DDoS.

Em resumo, enquanto a força bruta realiza uma verificação sistemática de todas as chaves e senhas até encontrar a correta, o ataque DDoS cria milhões de computadores zumbis que, juntos, acessam o mesmo recurso de um servidor simultaneamente. Por conta do alto volume de tráfego, o servidor para de funcionar.

O perigo do ransomware

Se, há um tempo, o objetivo da maioria dos malwares era manter acesso e roubar informações das vítimas, hoje em dia, o ransomware vem se tornando protagonista.

Para a empresa de segurança digital Fortinet, isso acontece graças ao lucro rápido que o sequestro de dados proporciona aos criminosos digitais.

Aqui, o Brasil figura novamente no topo da lista. Segundo pesquisa da Kaspersky, o país concentra 92% dos casos de sequestro de dados na América Latina.

O ransomware Locky e suas variantes figuram no TOP 3 de programas maliciosos do segundo trimestre de 2016. Para a infecção ocorrer, basta o usuário visitar um site que contenha essa praga.

Já deu para entender que não há mais como navegar pela internet sem nenhum tipo de cuidado e proteção, né?

Reforce a segurança do seu computador e dispositivo móvel com o antivírus do UOL Segurança Digital. Ele ajuda a identificar páginas maliciosas antes de você visitá-las e remove inúmeras pragas que tentam invadir seus aparelhos.