Dicas e Curiosidades

ver todos

Conheça os golpes virtuais mais comuns no Natal

Postado em 12/12/2017

Conheça os golpes virtuais mais comuns no Natal

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Nem mesmo o espírito natalino é capaz de sensibilizar os criminosos digitais. Pelo contrário. Nessa época do ano, eles costumam intensificar ainda mais os seus ataques para roubar dados e dinheiro das vítimas. Afinal de contas, trata-se de um período em que as compras virtuais também se multiplicam.

Para se ter ideia, de acordo com pesquisa da SPC Brasil, em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 40% dos consumidores pretendem comprar os presentes de Natal em lojas virtuais. Dentro desse cenário, os criminosos digitais enxergam muitas oportunidades de golpes.

E eles são de todos os tipos, atingindo tanto os usuários finais como empresas de todos os tamanhos. Confira, a seguir, quais são os golpes virtuais mais comuns no Natal:

Promoções falsas

Promoções tentadoras chegam a todo o momento – e de todos os lugares –, principalmente em datas comemorativas. Aqui, criminosos digitais criam e espalham campanhas promocionais usando nome de grandes empresas através de e-mails, posts nas redes sociais e mensagens de WhatsApp.

>> Fique atento e confira os golpes que estão circulando no WhatsApp

Normalmente, essas campanhas vêm acompanhadas de um link malicioso. Ao clicar nele, o usuário é redirecionado a uma página que solicita seus dados pessoais e, em muitas ocasiões, bancários. No entanto, essas informações caem direto nas mãos de criminosos.

Recadastro em lojas virtuais

Outra maneira de roubar os dados das vítimas está em solicitar o recadastro em lojas virtuais. Esse golpe chega, geralmente, através de um e-mail, que pede a atualização dos dados do cliente. Essas mensagens são atribuídas a empresas renomadas do mercado que possuem uma grande base de usuários cadastrados.

Mais uma vez, é solicitado aos usuários o envio de informações pessoais, como nome, CPF, endereço completo e telefone, além de bancárias. Ao invés de clicar em links que chegam por e-mail, prefira alterar seus dados de cadastro entrando diretamente nos sites das lojas virtuais.

Cartões animados virtuais

Quem nunca recebeu um cartão animado de Natal da tia, do chefe ou mesmo do amigo? Aproveitando-se da data comemorativa, criminosos digitais disparam cartões animados de Natal contaminados. Então, quando o usuário abre o arquivo que carrega imagens e mensagens natalinas, ele acaba instalando pragas virtuais em seu computador.

Lojas virtuais fantasmas

Em busca de preços baratos, os consumidores navegam por diversos sites de compras. No entanto, a prática pode levar os usuários a entrarem em lojas virtuais fantasmas. Em outras palavras, eles acessam sites de lojas de fachada, que não existem de verdade, e acabam efetuando compras nelas. Enquanto o dinheiro vai embora, o produto nunca chega ao destino final.

Por isso, antes de comprar em qualquer loja, procure conhecê-la de verdade. Isso inclui descobrir CNPJ, telefone, endereço físico da empresa. Mais que isso, faça uma busca na internet para saber a reputação da loja virtual em questão: se houver muitas reclamações nas redes sociais e no ReclameAqui, desconfie!

Fuja dos golpes

Para não cair em golpes no Natal – e em qualquer época do ano –, é preciso seguir alguns procedimentos. Primeiramente, mantenha softwares, aparelhos e navegadores atualizados. Essa ação corrige eventuais brechas que podem ser exploradas por criminosos digitais.

Quando for baixar arquivos ou comprar pela internet, procure fazê-lo apenas em sites que sejam conhecidos. Eles procuram ter um sistema de segurança mais robusto para proteger dados dos visitantes. Além disso, caso você tenha algum problema nesses sites, você sabe onde reclamar, né?

Infelizmente, os golpes virtuais chegam de todos os lugares. Portanto, o ideal é proteger seu computador, smartphone e tablet com um antivírus completo e atualizado. O UOL Segurança Digital, por exemplo, elimina códigos maliciosos e impede o acesso de sites potencialmente perigosos. Enfim, ele possui os recursos para você ficar distante de todos os tipos de armadilhas virtuais.