Dicas e Curiosidades

ver todos

Cuidado com fotos dos jogadores da Copa, elas podem ter vírus

Postado em 05/07/2014

Cuidado com fotos dos jogadores da Copa, elas podem ter vírus

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

A Copa do Mundo acabou e as boas lembranças são muitas (apesar da campanha do Brasil). E é nisso que os criminosos digitais apostaram e continuam apostando. Usando a Copa como tema, eles criaram e estão criando uma série de táticas para infectar a sua máquina com vírus, usando as principais estrelas da competição como iscas.

De acordo com os dados divulgados pela McAfee, empresa de segurança online, o usuário corre o risco de 3,76% de pegar um vírus ao pesquisar por jogadas e fotos de Cristiano Ronaldo, por exemplo.

Nem o brasileiro Neymar e o argentino Messi driblaram essa cilada cibernética. Os conteúdos relacionados aos dois craques também serviram para propagar vírus pela internet. Abaixo, veja mais detalhes da pesquisa e saiba como não cair em ciladas desse tipo:

Verdadeira seleção

Casillas, Piqué, Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Paulinho, Hazard, Benzema, Cavani, Karim Ziani e Fernando Torres. Esses 11 nomes podiam formar a lista de contratação dos sonhos de qualquer treinador de futebol, mas eles também lideram a lista da McAfee sobre os jogadores que mais trazem riscos ao computador. Muitos links relacionados às jogadas e fotos desses jogadores/popstars podem infectar com programas maliciosos o seu computador ou dispositivo móvel.

Onde estão e como agem

A pesquisa revela que downloads de protetores de tela e vídeos variados de jogadores de futebol são caminhos bem comuns para contrair vírus. Ao clicar nesses links, as máquinas podem ser vítimas de malware (nome genérico para praga de internet) que pode roubar informações pessoais do usuário, como a senha do cartão de crédito.

Dicas para evitar danos

Se você gosta de futebol, é claro que vai querer clicar em links relacionados com os craques da Copa. Seja na sua caixa de entrada do e-mail, na timeline do Facebook ou no Twitter.

Mas não tem jeito. Controle-se e não clique. Mesmo com o término da Copa, muitas notícias sobre o evento ainda circulam pela internet e o risco de contrair vírus existe. Para matar a sua vontade de ver lances dos craques da Copa, faça downloads de sites oficiais. Termos como “downloads grátis” são duvidosos. Por fim, proteja o seu dispositivo móvel usando uma senha.