Dicas e Curiosidades

ver todos

Google Play: mais de 300 aplicativos contaminados

Postado em 19/07/2017

Google Play: mais de 300 aplicativos contaminados

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Na teoria, a Google Play Store era para ser um refúgio de segurança para usuários Android contra aplicativos e softwares maliciosos. Mas não é bem assim que a coisa funciona na prática.

Pesquisadores de proteção de fraude da eZanga, empresa de publicidade online, encontraram 317 aplicativos contaminados disponíveis para download na Google Play e 1.300 em outras fontes. Grosso modo, eles utilizam o smartphone para clicar em anúncios sem o consentimento do usuário, gerando receita fraudulenta para os criminosos.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores realizaram um teste. Eles instalaram um aplicativo malicioso em diversos smartphones. Mesmo com os aparelhos em modo de suspensão, o aplicativo solicitou, durante 24 horas, um total de 3.061 anúncios e gerou 169 cliques com sucesso. Impressionante, não?

Com um custo de 0,015 centavo de dólar por clique no anúncio (CPC), todos os aplicativos contaminados ativos geram entre 62 mil dólares e 214 mil dólares por dia. Como se não bastasse tudo isso, a eZanga estima que essas aplicações acumularam entre 4,1 milhões e 14,2 milhões de downloads em todo o mundo.

De acordo com a empresa, a geração de cliques fraudulentos em anúncios pode custar 6,5 bilhões de dólares em publicidade perdida neste ano.

Danos para os usuários finais

Não é apenas o setor de publicidade online que sai prejudicado com essa nova onda de aplicativos maliciosos. Além de irritar os usuários com a exibição interminável de anúncios durante a navegação, as aplicações contaminadas drenam a bateria do aparelho e consomem dados da rede móvel – mesmo quando o smartphone está em repouso.

Por fim, quem possui um dispositivo com configurações mais modestas percebe uma queda no desempenho do aparelho, como lentidão e travamentos.

Download com segurança

Por mais que a Google Play disponibilize alguns aplicativos maliciosos para download, ainda é mais seguro baixar nela do que em lojas de terceiros. No entanto, seja cauteloso. Além de analisar todas as permissões solicitadas pelo aplicativo, confira a idoneidade da desenvolvedora.

Uma maneira mais simples de baixar aplicativos com segurança na Google Play é instalar o UOL Segurança Digital em seu Android. Assim, toda vez que você for fazer um download na Google Play, o antivírus avisa se a aplicação em questão é perigosa ou não.