Dicas e Curiosidades

ver todos

Google começa a testar apps que
não precisam de instalação

Postado em 06/03/2017

Google começa a testar apps que não precisam de instalação

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Para que instalar aplicativos se você pode usá-los sem a necessidade de fazer download? É isso o que promete o Android Instant Apps, a nova tecnologia do Google que ainda está em período de testes.

Basicamente, você só precisa clicar em um link para que uma parte dos aplicativos carregue imediatamente em seu smartphone. É claro que você não terá acesso a todas as funcionalidades do programa, apenas de um recurso limitado.

Imagine, por exemplo, que um amigo passa um link de um aplicativo de culinária com uma receita. Aí, basta clicar neste link para ter acesso àquela receita específica, mesmo que você não tenha o aplicativo instalado no seu aparelho. A ideia é fazer com que usuários passem menos tempo em navegadores e tenham uma experiência positiva (e mais rápida) dentro de apps rodando direto no sistema.

Por enquanto, o Android Instant Apps está em fase de testes. Entre os aplicativos disponíveis, hoje, estão apenas os de quatro desenvolvedores: BuzzFedd, Wish, Periscope e Viki. O Google também afirmou que essa tecnologia será compatível com aparelhos Android Jelly Bean e versões mais recentes.

Mais espaço e agilidade

O espaço de armazenamento dos smartphones é sempre alvo de muita discussão. Se você gosta de joguinhos, navegar pela internet e acessar redes sociais, ter vários aplicativos instalados prejudica o desempenho de seu aparelho.

Nestes casos, há duas opções. A primeira é comprar um smartphone com mais memória, o que custa (muito) dinheiro. A outra é desinstalar alguns apps do Android, uma vez que eles consomem muito espaço. Não é à toa que muitos usuários preferem usar o Android puro.

É nesta hora que os Instant Apps entram em ação. Você consegue usufruir parte dos recursos de um aplicativo sem ocupar espaço no seu aparelho.

E a segurança?

Como o Android Instant App gera apenas um código para abrir determinada tela do aplicativo, a tecnologia pode bloquear operações sensíveis. Outro ponto que merece atenção é que, uma vez que o usuário não tem mais de fazer download, ele não precisa responder à série de permissões que os aplicativos costumam solicitar.

Por outro lado, a gente sabe que os criminosos digitais nunca param de trabalhar até encontrar alguma brecha para transformar um novo recurso em um vetor de ataque. Nesse sentido, vale a pena manter seus dispositivos móveis protegidos com um antivírus completo e atualizado, como é o UOL Segurança Digital.