Dicas e Curiosidades

ver todos

Já é possível quebrar o sistema de reconhecimento de íris do Galaxy S8

Postado em 20/06/2017

Já é possível quebrar o sistema de reconhecimento de íris do Galaxy S8

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Lançado oficialmente no fim de março, o Samsung Galaxy S8 chegou ao mercado cheio de novidades. A empresa sul-coreana caprichou para recuperar sua reputação, perdida após as explosões do Galaxy S7 no ano passado.

Uma das novidades era o reconhecimento de íris que prometia ser o suprassumo da segurança em smartphones. Além de usar a impressão digital, o usuário é capaz de desbloquear o aparelho com a própria íris do olho que, em tese, é um recurso mais complexo de se burlar.

Só na teoria mesmo. Com pouco tempo no mercado, o Galaxy S8 já teve o sistema de reconhecimento de íris quebrado por um grupo de pesquisadores do Chaos Computer Club, uma associação de especialistas em segurança da informação.

Para tanto, eles tiraram uma foto a cerca de um metro de distância dos olhos do dono do aparelho com uma câmera capaz de capturar luz infravermelha. Na sequência, eles imprimiram a imagem em uma impressora de alta resolução.

Aí, basta posicionar o smartphone em frente à foto para desbloqueá-lo e ter acesso a todos os dados armazenados no Galaxy S8, como conversas do WhatsApp, e-mails e arquivos de mídia. Para piorar a situação, os pesquisadores falaram que uma foto de alta resolução obtida na internet já é o suficiente para burlar o sistema de reconhecimento de íris da Samsung.

Diante do resultado dos testes, os especialistas apontam que utilizar o tradicional código PIN pode ser mais seguro que os falhos sistemas de biometria e reconhecimento de íris. Se você criar uma senha numérica, evite utilizar datas especiais ou sequências óbvias, como “123456”.