Dicas e Curiosidades

ver todos

Jogos online: fique de olho nas ameaças que eles podem trazer

Postado em 25/03/2014

Jogos online: fique de olho nas ameaças que eles podem trazer

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Um mundo fantástico com magos, sacerdotes, cavaleiros e paladinos. O cenário parece inofensivo, mas há perigo escondido. O paraíso descrito, paisagem do jogo World of Warcraft, serviu como isca para criminosos virtuais atacarem computadores.

Esse é apenas um exemplo, mais recente, de vírus que são espalhados por meio de cópias falsas de jogos online. Nesse caso, a versão pirata era bem parecida com a original, e muitos usuários se enganaram ao baixar o arquivo. Depois de instalado, o trojan interceptava a comunicação entre o jogador e o servidor, tendo acesso a informações como senhas e dados dos usuários.

O ocorrido mostra que os jogos online podem ser uma perigosa armadilha. Se o seu filho gosta desse tipo de atividade é bom ficar atento. E os perigos não se restringem somente a ataques virtuais. Há mais cuidados que devem ser tomados:

Cópias não licenciadas

No caso citado acima, o problema veio de versões não autorizadas do jogo. Muitas vezes elas são tão parecidas com a original, que na pressa é quase impossível de diferenciá-las. Por isso, é importante que esse tipo de ação seja feito com calma e atenção.

Oriente o seu filho a sempre verificar a idoneidade do site antes de baixar qualquer programa. Se possível, auxilie-o nesse processo. Cópias gratuitas de jogos pagos também são perigosas. Prefira sempre a versão original e só pague após se certificar de que o arquivo é mesmo o licenciado.

Senhas de acesso

A maneira mais rápida e simples de um hacker invadir a conta de um jogador é também a mais óbvia: inserindo a senha. E, acredite, tem muito invasor que descobre facilmente as combinações, por se tratar de códigos fáceis.

As senha deve ser forte. Além disso, é importante lembrar o seu filho que ela deve ser pessoal e intransferível. É comum que os adolescentes queiram repassá-las a amigos para que eles também possam jogar. Explique que negar esse acesso não se trata de egoísmo, e sim de segurança. E, em último caso, se realmente a senha for revelada a algum colega, oriente seu filho a trocá-la após o uso.

Privacidade de informações

Jogos online também podem aproximar pessoas. O que por um lado é ótimo, pois seu filho pode encontrar amigos com interesses em comum. Por outro, há cheiro de perigo no ar. Há criminosos que se aproveitam de fóruns de jogos para se aproximar e coletar dados pessoais que depois podem ser usados para crimes virtuais e reais.

É importante também auxiliar seu filho na criação da conta. Crie um nome seguro de jogador, que não revele nada pessoal, e nem seja sugestivo. Fique atento também para não citar a localização da criança ou do adolescente.

Oriente seu filho a nunca passar informações pessoais antes de criar um vínculo com a pessoa e buscá-lo em outros meios, como o telefone. Se possível, conheça também esses novos amigos. Caso eles decidam marcar encontros reais, é importante que seja em locais públicos e acompanhados de um responsável.

Proteja os dispositivos

Proteja o computador de seu filho contra ameaças virtuais. Instale um bom antivírus e mantenha os programas atualizados com as últimas correções de segurança.

Esse cuidado também serve para os dispositivos móveis. Outro caso recente, semelhante ao que ocorreu com o World of Warcraft, infectou diversos celulares e tablets. Versões falsas do jogo Flappy Bird foram instaladas em smartphones, espalhando malwares nos aparelhos.

Você sabe o que seu filho faz na internet? Ele pode estar correndo riscos que você nem imagina, informe-se e proteja-o!