Dicas e Curiosidades

ver todos

Malware para Mac espiona e rouba arquivos de usuários

Postado em 16/08/2017

Malware para Mac espiona e rouba arquivos de usuários

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Não é segredo para ninguém que os computadores Mac também estão no alvo de criminosos digitais. Segundo levantamento da empresa de segurança McAfee, já são mais de 700 mil ameaças voltadas para o sistema operacional da Apple.

Aliás, não é de hoje que a crença de que produtos da maçã são imunes a vírus caiu por água abaixo. Desde 2012, o malware FruitFly contamina diversos computadores Mac, espionando as atividades dos usuários e roubando arquivos.

No entanto, a praga levou cinco anos para ser identificada no sistema operacional. Essa demora se deve às campanhas altamente direcionadas de infecção. Diferente do que você pode pensar, os alvos não eram corporações e organizações governamentais, e sim usuários comuns.

Basicamente, o malware FruitFly, uma vez instalado, assumia controle total sobre a máquina, sendo capaz de ligar a webcam, ativar o microfone e ainda roubar os arquivos. Tudo isso sem que o usuário percebesse. Isso sem falar que todas as informações do computador, inclusive quando ele era ligado, eram enviadas para um servidor remoto controlado pelos criminosos.

Os pesquisadores da Malwarebytes que descobriram o malware FruitFly afirmam que os servidores dos criminosos já estão desativados. Portanto, a praga já não espiona nem rouba mais informações dos usuários.

Sinal de alerta para usuários Mac

Embora o malware já não esteja ativo, esse caso serviu para acender um sinal de alerta para os usuários e para a própria Apple. Isso porque a praga ficou mais de cinco anos sem ser identificada.

Diante dessa situação, os pesquisadores afirmam que os computadores da maçã são muito bons para detectar ameaças já conhecidas previamente. Por outro lado, o sistema operacional tem dificuldades para reconhecer um novo código malicioso.

Enquanto a Apple trabalha para corrigir esse problema, os usuários precisam reforçar a segurança de seus computadores com um software de antivírus. Compatível para computadores, smartphones e tablets, o UOL Segurança Digital pode ser a sua solução. Com o banco de dados atualizado em tempo real, o software consegue identificar as mais recentes ameaças virtuais e, na sequência, removê-las de sua máquina.