Dicas e Curiosidades

ver todos

Novo golpe no Windows: suporte falso bloqueia computador e pede resgate

Postado em 27/09/2017

Novo golpe no Windows: suporte falso bloqueia computador e pede resgate

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

De acordo com dados da ferramenta online NetMarketShare, o sistema operacional da Microsoft está presente em quase 90% de todos PCs do mundo, muito à frente de seus concorrentes Linux e Mac. Diante desse cenário, naturalmente, o Windows é o sistema operacional mais visado para ataques. E eles chegam de todas as formas.

Um dos mais recentes, descoberto pela empresa de segurança digital G Data, bloqueia os computadores das vítimas e solicita resgate em dinheiro. Para tanto, os criminosos fazem uso da engenharia social, como persuadir as vítimas para obter vantagens financeiras.

>> Aproveite e Relembre todas as versões do Windows e as principais ameaças virtuais ao sistema

O golpe funciona mais ou menos assim: um aviso aparece na tela de erro do Windows falando que o computador está vulnerável e que, por motivos de segurança, ele será bloqueado. A mensagem, ainda, passa instruções para a vítima seguir: ela pode ligar para o suporte gratuito ou desativar o PC.

É claro que, ao ligar para o telefone que aparece na mensagem, o usuário fala com um suporte falso. Trata-se do phishing phone, quando golpistas se passam por funcionários de uma empresa e solicitam dados da vítima por telefone.

Durante a conversa, o golpista passa instruções para a vítima e bloqueia as contas de usuário do Windows, a pretexto de impedir acesso não autorizado ao PC. Ao fazer isso, a vítima também não tem mais controle sobre o próprio computador.

Nisso, o golpista mostra na tela do computador uma lista falsa com todos os vírus escondidos na máquina. Pronto, o usuário se convence de que seu PC está infectado e quer uma solução rápida. É nesse momento que o criminoso faz suas propostas: instalar um programa antivírus por 150 euros ou contratar um serviço de manutenção anual por 888 euros.

Como não cair em golpes virtuais

Em primeiro lugar, é importante desconfiar de qualquer mensagem que você recebe no computador (ou smartphone e tablet). Nesse caso, antes de ligar para o suporte falso, era preciso verificar se o número de telefone realmente pertencia à Microsoft. Enfim, sempre mantenha uma pulga atrás da orelha nessas situações.

Outra dica é instalar o UOL Segurança Digital em seu computador. Assim, você evita que computador, smartphone e tablet sejam infectados por códigos maliciosos.