Dicas e Curiosidades

ver todos

Número de páginas falsas que usam protocolo HTTPS aumenta

Postado em 27/07/2017

Número de páginas falsas que usam protocolo HTTPS aumenta

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Uma maneira de evitar um golpe de phishing é olhar a barra de endereço do navegador. Caso o site não use o protocolo de segurança HTTPS, recomenda-se não digitar nenhum dado sensível. Mas isso já não é mais 100% eficiente.

Aqui, vale lembrar que quando uma página web possui o protocolo HTTPS significa que todos os dados que você insere nela, como login e senha, estão criptografados. Ou seja: terceiros não têm acesso a eles.

Desde que os navegadores Firefox e Google Chrome começaram a alertar os usuários quando eles acessam sites de login inseguros, o número de páginas falsas que usam o protocolo HTTPS aumentou consideravelmente. De acordo com a empresa de segurança online Netcraft, a proporção de sites de phishing usando HTTPS passou de 5% para 15%, entre janeiro e maio deste ano.

Uma justificativa para esse aumento é que, a partir do momento em que os navegadores passaram a avisar os usuários quanto a sites sem criptografia, os criminosos digitais passaram a migrar suas páginas falsas para o HTTPS.

Nesse novo cenário, os sites maliciosos ganham aspectos mais legítimos e, portanto, aumentam a probabilidade de os usuários se tornarem vítimas.

Proteja-se agora mesmo

Não é de hoje que os criminosos digitais estão desenvolvendo campanhas mais sofisticadas. No começo deste ano, um ataque de phishing roubou credenciais de acesso ao Gmail até de usuários experientes em segurança digital.

Na prática, isso quer dizer que ninguém está 100% imune às novas – e mais elaboradas – ameaças online. Para não ser uma presa fácil da isca dos cibercriminosos, instale um antivírus em todos os seus dispositivos, desde computadores até tablets e smartphones.

Multiplataforma, o UOL Segurança Digital, além de eliminar códigos maliciosos em tempo real, avisa os usuários quando eles acessam qualquer página potencialmente perigosa. Trata-se, portanto, de mais uma barreira de proteção que mantém seus dispositivos seguros.