Dicas e Curiosidades

ver todos

O que é e o que há por trás da "deep web"?

Postado em 10/11/2015

O que é e o que há por trás da 'deep web'?

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Não tem ninguém na internet que está livre de ser vítima de um golpe ou de uma praga. Isso todo mundo sabe. O que você talvez não saiba (ainda) é que a internet é base de um mundo de tráfico de drogas, venda de informações confidenciais e, até, negociação de assassinatos e violência. Isso tudo acontece na deep web.

Se você ficou curioso para conhecer esse mundo, cuidado. Tentar entrar lá sozinho pode deixar a sua máquina totalmente infectada. Isso se você conseguir entrar lá, pois a deep web só armazena sites que não possam ser indexados pelos principais motores de busca.

Podemos dividir a rede em duas: a web da superfície, aquela que acessamos todos os dias para visitar as redes sociais e os portais de notícias, e a deep web, profunda e de difícil acesso. Mal comparando, a internet é um grande iceberg, no qual a superfície web é a parte superior reunindo aproximadamente 4% de todo conteúdo da internet, enquanto a deep web responde pelos outros 96% de toda a rede.

Quem é maluco o suficiente para acessar a deep web utiliza programas como o TOR e I2P. Mas, se você não conhece, é bem fácil errar e acabar infectando a sua máquina, como falamos linhas acima.

O mundo sombrio da Deep Web (em valores)

O que tem de mais recente sobre a Deep Web foi publicado pela Trend Micro. Segundo pesquisa da empresa, há uma lista de crimes disponíveis para quem pagar.

O mais comum é o tráfico. A maconha é a droga mais vendida na deep web com 31,6% das vendas. Mas é possível encontrar substâncias psicoativas como LSD, heroína e outros narcóticos.

Mas isso é só o começo. Há gente oferecendo na deep web todo tipo de crime, segundo a Trend. Criminosos na deep web cobram por um estupro, por exemplo, 7 mil dólares, enquanto por assassinatos o preço é 45 mil dólares.

Por mais que nem todas as ofertas sejam verdadeiras, esse tipo de mercado é bastante assustador e está sendo combatido pelas forças policiais.

Por enquanto, a maior parte da deep web está em inglês. O português é apenas o sétimo idioma mais utilizado.