Dicas e Curiosidades

ver todos

O Google armazena dados sobre você! Saiba como desativar isso

Postado em 21/11/2016

O Google armazena dados sobre você! Saiba como desativar isso

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Você lembra o que almoçou na quarta passada? Talvez não, mas pode usar o Google para ajudar a sua memória. Isso porque o gigante da internet registra o histórico de todos os usuários que utilizam os serviços da empresa, tanto pelo computador quanto pelo smartphone.

Mas essa é a parte boa. Tem muito especialista em privacidade que acha arriscado uma mesma empresa ter seus dados de e-mail, seu histórico de pesquisas e de vídeos, além dos seus trajetos pela cidade (pelo GPS e o Google Maps). Segundo o Google, os dados pessoais dos usuários ficam armazenados em ambientes seguros e só são usados para melhorar a experiência de navegação, além de garantir que as informações dos usuários jamais serão vendidas para terceiros.

A empresa afirma que disponibiliza dados genéricos a anunciantes para que eles consigam direcionar a publicidade para o público certo. Traduzindo em miúdos, se você assiste a muitos vídeos de cantores pop, por exemplo, é normal que apareçam anúncios de produtos e eventos relacionados a essa cultura. Outro exemplo é o Google exibir anúncios de restaurantes e lojas de acordo com a localização do usuário.

De qualquer maneira, tem muita gente que fica desconfortável com isso. Quer desativar a captura de dados? É só seguir esses passos.

Configure “Minha atividade”

Quando você estiver logado em sua conta Google, vá até a página Minha Atividade. Lá, é o lugar central que reúne todas as suas atividades salvas pelo Google, desde pesquisas que você fez na plataforma até vídeos visualizados e páginas visitadas, especificando, ainda, data e horário.

Você pode excluir tudo aquilo que deseja, seja atividades isoladas ou até mesmo o seu histórico completo. Você pode, ainda, filtrar as atividades por data ou produto do Google, ou seja, pelo meio que a atividade foi salva. Assim, fica mais fácil excluir as que você deseja.

Para que determinadas atividades não sejam mais salvas, vá até “Controles de atividade”. Ali, desativando “atividades na web e de apps”, o seu histórico de navegação não mais será salvo.

Já se você desativar “atividade de voz e áudio”, não mais serão salvas as vozes que são capturadas, por exemplo, quando o recurso do “ok Google” do seu Android está ativado.

É possível, ainda, desativar o histórico do YouTube, que ajuda na melhora de recomendações de vídeos.

Desative o serviço de localização em seu smartphone

Continuando logado em sua conta do Google, você consegue visualizar seu histórico de localização ao acessar a linha do tempo do Google Maps. Lá, você confere um registro detalhado dos últimos lugares por onde passou.

Com base nos dados de GPS do seu smartphone, a ferramenta aponta hora, local e tempo de permanência nos lugares que você visitou recentemente.

Para desativar esse rastreio, vá até Configurações em seu Android e desative os comandos “Relatório de localização” e “Histórico de localização”. Ou você pode fazer isso pela página “Minha atividade”, citada acima, desativando a opção que se encontra na aba “controles de atividade”.

Navegue de forma anônima

Há momentos em que você quer 100% de privacidade em sua navegação, principalmente se compartilha o computador ou smartphone com outras pessoas. Nesses momentos, você não precisa sair de sua conta do Gmail só para não deixar rastros para o Google.

Basta abrir uma janela anônima do navegador. Assim, o Google Chrome não salva o histórico de suas pesquisas.