Dicas e Curiosidades

ver todos

Os golpes mais comuns da internet

Postado em 10/05/2013

Os golpes mais comuns da internet

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Há pouco mais de um mês, a atriz Glória Pires checava seus e-mails quando, de repente, viu a mensagem de um amigo. O sujeito, que mora fora do país, contava uma história desesperadora - estava sem passaporte e também sem dinheiro para voltar ao Brasil. Na sequência, vinha o pedido de um depósito em sua conta.

Solidária, a celebridade global não hesitou em emprestar 13 mil reais ao amigo. Só descobriu tarde demais que o e-mail do remetente havia sido hackeado. E, claro, o dinheiro tinha ido parar na conta de um criminoso virtual, um ladrão de identidades.

Ameaças desse tipo são bastante comuns, principalmente quando chegam por e-mail. Conheça cinco modalidades de fraude que podem chegar à sua caixa de entrada e entenda como elas funcionam:

1. A velha história do recadastro

Os seus dados estão desatualizados, diz a mensagem. Altere as suas informações cadastrais e evite um ataque. O remetente diz ser do banco, de loja online ou, até, da biblioteca. Só que em vez de levar para a página correta, o e-mail tenta instalar um arquivo na sua máquina em busca dos seus dados pessoais. Aí alguém se apodera deles e do que mais puder rastrear no computador.

2. Vai viajar? Confirme sua reserva

Viagens são coisas planejadas com uma boa antecedência, então receber mensagens da companhia aérea ou do hotel pedindo confirmação de reservas pode ser algo comum, certo? Até pode ser, mas cuidado com isso.

Confira o endereço na barra para ver se não se trata de páginas falsas que estão atrás dos seus dados pessoais. Na dúvida, a boa e velha ligação pode resolver qualquer mal entendido.

3. Acidente de avião! Veja fotos aqui

A curiosidade mórbida faz muita gente clicar nesse tipo de e-mail. Mas não são só as desgraças que servem de isca para os curiosos. Fotos picantes de celebridades e notícias falsas de acidentes e mortes também enganam muita gente.

Por isso, os bandidos virtuais estão sempre atentos aos assuntos mais quentes. A dica é jamais clicar em conteúdo do qual não se conhece a origem. Fique atento também aos erros de português. Em geral, e-mails enganadores assim estão repletos deles.

4. Ei, olhe aquela foto que nós tiramos

Ao invadir a conta de um amigo seu nas redes sociais, um fraudador pode sair mandando e-mails para todos os contatos - inclusive você.

Muitos arquivos infectados são disfarçados como anexos de fotos ou vídeos, por exemplo, para poder instalar programas maliciosos que roubam informações guardadas em seu computador.

5. Confiança cega

Qualquer link publicado na Wikipedia é seguro, certo? Na Amazon, então, nem se fala. É bom ir com calma. Recentemente foram encontrados, nesses e em outros grandes sites, hyperlinks que levavam a páginas com códigos ocultos perigosos.

O mais provável é que isso seja ação de criminosos que injetaram os endereços nas páginas. Como saber se dá para confiar? Confira sempre o endereço de destino antes de, efetivamente, clicar.