Dicas e Curiosidades

ver todos

Pirataria no Brasil cresce em 2016
e registros batem recorde

Postado em 05/01/2017

Pirataria no Brasil cresce em 2016 e registros batem recorde

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Metade dos usuários da América Latina baixa programas e conteúdos piratas na internet, de acordo com uma pesquisa da empresa britânica NetNames. E os brasileiros lideram essa estatística no continente.

Até o fim de outubro, foram registradas 9.820 denúncias de softwares piratas em uso no Brasil. Em média, isso representa a instalação de quase 1 mil programas ilegais por mês.

A empresa Business Software Alliance (BSA) afirma que 47% dos programas instalados em computadores no Brasil são ilegais. Ao todo, foi gasto 1,7 bilhão de dólares com softwares piratas no país em 2015. Para efeito de comparação, 39% dos programas instalados no mundo são ilegais. Este mercado movimenta mais de 52 bilhões de dólares.

Riscos para seu computador

Por mais baratos que sejam, os softwares piratas podem trazer mais prejuízos do que benefícios aos usuários. Segundo a IDC, é possível encontrar malware oculto em quase 35% de cópias ilegais de softwares. Os danos dos programas maliciosos são os mais variados possível: roubo de dados pessoais e bancários e danificação do computador.

Em resumo, programas ilegais podem ser a porta de entrada para diversas ameaças virtuais. E há uma série de explicações para isso. Em primeiro lugar, o software pirata não libera as atualizações do programa original, o que significa que ele não corrige as brechas de segurança e fica vulnerável a ataques.

Nunca se sabe, também, se o software pirata que você comprou na rua vem ou não acompanhado de um programa malicioso. Além de deixar sua máquina mais vulnerável a pragas virtuais, os softwares piratas diminuem a performance do seu computador, deixando-o lento e até incapaz de executar todos os seus comandos.

Pirataria é crime

É importante reforçar que pirataria configura crime. As pessoas que comercializam produtos piratas ficam sujeitas a prisão de dois a quatro anos mais multa. Agora, para as pessoas que compram ou baixam um programa pirata, a pena pode ser de três meses a um ano de prisão mais pagamento de multa.

Programa antivírus original

Assim como você não deve instalar softwares piratas em seu computador, também deve fugir de programas antivírus piratas e gratuitos. O ideal é que você tenha uma solução completa e atualizada capaz de identificar e bloquear as principais ameaças virtuais, como é o caso do UOL Segurança Digital. Conheça nossos planos e proteja seus dispositivos agora mesmo!