Dicas e Curiosidades

ver todos

Por que é importante sempre atualizar softwares, navegadores e sistemas operacionais?

Postado em 03/10/2016

Por que é importante sempre atualizar softwares, navegadores e sistemas operacionais?

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Volta e meia, você depara com um pedido de atualização em seu computador ou smartphone. Todo mundo sabe que é coisa simples e rápida, mas você tem mais o que fazer e prefere responder a outra mensagem.

Identificou-se? Se sim, então você faz parte dos 98% (!) dos usuários que não atualizam seus softwares, apps e sistemas operacionais, de acordo com a USENIX, associação norte-americana de profissionais de TI.

Pode até ser a opção da maioria, mas deixar para depois as atualizações é uma péssima ideia. Não é por acaso que softwares, apps e sistemas operacionais lançam versões atualizadas. Diariamente, milhares de códigos maliciosos são desenvolvidos com a finalidade de explorar vulnerabilidades nesses programas. Aí, para tapar esses buracos, as empresas de tecnologia lançam novas versões para impedir esses ataques. E se você não atualiza, toda a correria para dificultar a vida dos criminosos digitais vai por água abaixo.

Além de corrigir eventuais falhas e reforçar a segurança, as atualizações, de modo geral, melhoram o desempenho dos programas. A seguir, veja alguns exemplos de como novas versões proporcionaram mais segurança e melhor experiência aos usuários:

Softwares ou apps

Os criminosos digitais também aproveitam as fraquezas dos softwares para tirar alguma vantagem financeira. Nesse sentido, empresas costumam distribuir novas atualizações de seus produtos para fechar as vulnerabilidades reportadas por usuários e especialistas em segurança. Aqui, podemos citar a Adobe e o Windows, que sempre disponibilizam pacotes de atualização.

Os aplicativos de smartphones também merecem muita atenção. Para se ter uma ideia, a empresa de solução de software Codenomicon identificou 52 falhas de segurança, sendo 8 críticas, nos 10 aplicativos Android mais populares entre os brasileiros. Procure, portanto, não ignorar mais as atualizações oferecidas, uma vez que elas podem corrigir essas brechas.

Navegadores

Se você utiliza uma versão desatualizada do navegador, pode estar certo: os seus dados estão em risco, especialmente em lojas virtuais e nos bancos online. A lógica é simples: uma vez que a versão do seu navegador é de anos atrás, ele não está seguro para combater pragas virtuais que foram criadas recentemente.

Esse processo é tão importante que, desde janeiro deste ano, a Microsoft só fornece atualizações de segurança e suporte técnico para a versão mais recente do Internet Explorer. Por sua vez, o Google Chrome trata de fazer a atualização por conta própria. Mais do que atualizar o seu browser, procure instalar, também, as versões mais recentes dos plugins e extensões pelos mesmos motivos.

Sistemas operacionais

Aqui não faltam exemplos de sistemas operacionais que tiveram de correr contra o tempo para fazer atualizações que corrigissem algum bug. Para citar um exemplo, a Apple precisou lançar, às pressas, a versão 9.3.4 do iOS para resolver a vulnerabilidade que permitia a instalação de um programa espião nos aparelhos.

Agora que você já sabe da importância de manter a versão mais recente dos softwares, navegadores e sistemas operacionais, não há mais desculpas para não fazê-las. Para complementar a sua navegação segura, que tal contratar um programa de proteção e de qualidade, como o UOL Segurança Digital?