Dicas e Curiosidades

ver todos

Quais problemas do iOS 11 já foram relatados (e corrigidos)

Postado em 22/11/2017

Quais problemas do iOS 11 já foram relatados (e corrigidos)

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Por mais que reforcemos a importância de atualizar seu sistema operacional para corrigir eventuais vulnerabilidades, nem sempre a versão mais recente é perfeita. Às vezes, ela apresenta problemas logo de cara. E foi exatamente isso o que aconteceu com o iOS 11.

No meio de setembro, a Apple liberou a versão mais recente do sistema operacional do iPhone. Após muitas expectativas, os usuários se decepcionaram com alguns pontos, principalmente em relação à velocidade e à duração da bateria.

A seguir, confira quais problemas do iOS 11 já foram relatados e corrigidos:

Vida útil da bateria

O primeiro grande problema percebido pelos usuários foi o tempo de duração da bateria. Para se ter uma ideia, a bateria de um iPhone com iOS 10.3.3 (versão anterior) dura uma hora a mais que um outro aparelho com o iOS 11 realizando as mesmas tarefas.

Aqui, o bug estava no recurso de GPS que era ativado de forma automática quando não deveria.

Lentidão para realizar download

Em outro teste com aparelhos distintos – um com a versão anterior e o outro com o iOS. 11 – foi possível perceber a lentidão para realizar download de aplicativos. Enquanto o aparelho com iOS 10.3.3 conseguiu baixar quatro aplicativos, o modelo com o iOS 11 ainda estava completando o primeiro dos downloads.

Barulho irritante nas ligações

Usuários do mundo inteiro reclamaram de um barulho irritante durante as chamadas de telefone ou do FaceTime. Esse problema de ruído foi logo corrigido com a atualização do iOS 11.0.2.

Apple libera iOS 11.1.1 e corrige diversos bugs

Na última semana, a Apple disponibilizou o iOS 11.1.1 para todos os usuários. Além de melhorar os pontos citados acima, a nova versão corrige um problema do corretor automático do teclado. Quando os usuários digitavam a letra “i” no início de uma frase, o corretor mudava para a letra “a”.

Quanto à segurança, a nova versão corrigiu a vulnerabilidade que afetava o WPA2 no Wi-Fi e poderia permitir a interceptação de dados dentro da rede.