Dicas e Curiosidades

ver todos

A nova rede social Ello dá mais privacidade aos usuários?

Postado em 23/11/2014

A nova rede social Ello dá mais privacidade aos usuários?

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Apesar de ter sido criada no início do ano, só há poucas semanas a rede social Ello se tornou um dos assuntos mais comentados da internet. Descrita como “anti-Facebook” graças à sua política de privacidade, a nova rede social abriu suas portas em um sistema exclusivamente à base de convites. E desde então, a disputa pelo acesso tem sito tão grande que convites são oferecidos em sites de comércio eletrônico por preços salgados.

O aparente sucesso da rede social se deve a um fator simples: sua política de privacidade promete proteger o usuário. O que isso significa? Basicamente que a Ello não exige o uso do seu nome real, não vende anúncios e nem dados dos seus usuários a terceiros.

Em sua política de privacidade, a rede social diz o seguinte: “nós acreditamos que uma rede social pode ser uma ferramenta para dar poder ao usuário. Não uma ferramenta para enganar, coagir e manipular – mas um lugar para conectar, criar e celebrar a vida. Você não é um produto”.

A política ainda afirma que a prática de coletar e vender dados pessoais, bem como mapear suas conexões sociais visando lucro, é assustadora e não tem ética. Segundo eles, “sob o pretexto de oferecer um serviço grátis, os usuários pagam um preço alto em anúncios intrusivos e falta de privacidade”.

Nada é tão simples assim

Em uma visão geral, tudo parece perfeito. Uma rede social gratuita, que não exige o uso do seu nome real e não vende seus dados a terceiros. Isso só pode ser um sonho, certo? É bom ter calma nesse momento. Se pararmos para analisar com mais cuidado, veremos que essas pequenas vantagens não oferecem tanta segurança assim.

Alguns elementos específicos das configurações de segurança da Ello na verdade fazem com que a rede social seja mais insegura que o próprio Facebook e outras redes sociais, como o Twitter. Por quê?

Na Ello, tudo que você posta é público. Não há controles que permitam o ajuste de quem vê o que você posta e quem pode entrar em contato com você. Por enquanto, a política de privacidade da rede social esclarece que “a Ello é uma plataforma construída para postar e compartilhar conteúdo público. Você deve assumir que tudo que você posta na Ello, além de mensagens privadas, será acessado por outros. Mecanismos de busca estarão aptos para ver o conteúdo que você publica”.

E o documento segue afirmando que “o conteúdo que você publica poderá ser copiado, compartilhado ou republicado na Ello e em outras partes da internet de maneiras que você e nós não podemos controlar”.

Por isso, é essencial estar atento antes de se inscrever. A inexistência da publicidade certamente é um fator positivo. Mas será que vale a pena trocar anúncios indesejados pela falta de controle do conteúdo publicado? Pense a respeito. Se a resposta for sim, não perca mais tempo e vá atrás do seu convite!