Dicas e Curiosidades

ver todos

Perigo móvel: relatório da Nokia registra novo recorde de dispositivos móveis contaminados

Postado em 20/04/2017

Perigo móvel: relatório da Nokia registra novo recorde de dispositivos móveis contaminados

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

O último relatório de ameaças virtuais da Nokia mostra que os criminosos digitais estão direcionando, cada vez mais, seus ataques aos dispositivos móveis. Para se ter uma ideia, em outubro do ano passado, 1,35% de todos os aparelhos conectados à internet estavam contaminados com códigos maliciosos. Trata-se do maior nível registrado desde o início do estudo, em 2012.

Por sua popularidade, os smartphones são os aparelhos mais visados pelos atacantes, concentrando 85% de todas as ameaças móveis detectadas pela empresa. Os outros 15% das pragas miram tablets e dispositivos de Internet das Coisas, como roteadores, babás eletrônicas, smartwatches, câmeras de vigilância, webcams e por aí vai.

Na maioria dos casos, os criminosos invadem dispositivos de Internet das Coisas para promover ataques DDoS que sobrecarregam servidores de sites, tirando-os do ar. Não é de se estranhar que, no ano passado, muitos serviços online, como Twitter, Netflix, Airbnb, ficaram um tempo instáveis.

Cobrança aos fabricantes

Com o crescente ataque a dispositivos de Internet das Coisas, a empresa de telefonia cobra das fabricantes soluções mais potentes de segurança capazes de barrar invasões. Enquanto isso ainda não é viável, compete ao usuário trocar as senhas padrões da maioria dos aparelhos, além de mantê-los atualizados.

Android: alvo preferido

Presente em quase 90% dos smartphones, o Android é o sistema operacional mais popular do mundo. Graças a essa popularidade, ele também é o mais visado por criminosos digitais. De acordo com o relatório da Nokia, 81% dos malwares para smartphones e tablets são de Android. O restante se dilui entre outros sistemas operacionais, como iOS e Windows.

Não quer ficar vulnerável a esses ataques? Então instale um software de segurança. Compatível com Android, o UOL Segurança Digital detecta e elimina as ameaças móveis. Não é só isso. Ele também alerta o usuário sobre aplicativos perigosos presentes na Google Play e impede que o usuário acesse páginas maliciosas da web.