Dicas e Curiosidades

ver todos

Sites desenvolvidos por hackers dão golpe mesmo sem interação da vítima

Postado em 21/06/2016

Sites desenvolvidos por hackers dão golpe mesmo sem interação da vítima

469.000
novas ameaças são encontradas
por semana na internet.

Se você quer uma
navegação segura e total
proteção
para seus dados
garanta a proteção do
UOL Antivírus

baixar agora

Há pouquíssimo tempo, a recomendação mais comum de segurança era evitar clicar em links e imagens suspeitos. Até agora, essa era uma grande estratégia de segurança e manteve muitos criminosos longe dos seus dados.

Acontece que as pragas evoluem e os criminosos digitais estão conseguindo se superar. De acordo com pesquisas, há sites que dão golpes mesmo sem nenhuma interação da vítima.

Conhecido como “fraude do clique zero”, o processo não exige nenhum clique para “inscrever” os usuários em supostas listas de sites com conteúdo pornográfico. É uma evolução da “fraude de um clique”, que exigia da vítima apenas uma interação para iniciar o golpe.

Como acontece o golpe?

Tudo começa quando o usuário se depara com um site pornográfico que pretende rastrear e indexar vídeos encontrados na internet. Aí, basta o usuário clicar em um desses links para seu browser ser redirecionado para outro site, onde aparece uma tela que se parece com um player de vídeo.

Na “fraude de um clique”, os usuários são obrigados a clicar no vídeo ou em qualquer botão. É assim que os criminosos garantiam que as pragas seriam instaladas – com alguma ação da pessoa normal do outro lado da tela.

No entanto, nos sites infectados com a “fraude do clique zero”, as páginas saltam automaticamente para a página de inscrição, sem que seja necessária qualquer interação do usuário.

Assim, os criminosos digitais colocam o usuário em qualquer serviço online com cobrança mensal.

Por que acontece o golpe?

Os sites infectados com a “fraude do clique zero” têm em seu código HTML uma meta tag usada para buscar uma URL diferente depois de poucos segundos de uma atualização da página.

Qual a intenção do golpe?

Com isso, o usuário é falsamente levado a acreditar que se inscreveu para o serviço sem qualquer aviso, ficando obrigado a pagar as taxas cobradas que, em alguns casos, podem ultrapassar os 2 mil dólares.

As vítimas também recebem a opção de chamar um serviço de atendimento ao consumidor no prazo de 24 horas, caso tenham se inscritos por acidente e, em muitos casos, janelas ficam piscando no telefone do usuário, exibindo o número do serviço de atendimento.

Essa é mais uma tentativa de atrair as vítimas que podem estar desesperadas para cancelar a assinatura do serviço. Assim, eles tentam convencê-las a realizar o pagamento das altas quantias. Além disso, os hackers também registram o número de telefone utilizado para realizar a chamada para utilizá-lo futuramente em novas operações fraudulentas.

Como se proteger do golpe?

Além de seguir a boa e velha orientação de evitar sites suspeitos, caso você venha a ser vítima de algum golpe como esse, é importante ter em mente que essa “inscrição” apontada pela página é falsa. Portanto, procure ignorá-la. Não tente entrar em contato com qualquer número de telefone ou e-mail oferecido a você.

Por fim, preocupe-se em manter seus dispositivos seguros com bons aplicativos de segurança. Se você não sabe qual antivírus assinar, o UOL Antivírus é uma ótima opção. Bem robusto, ele deixa a sua máquina bem mais protegida e você só precisa pagar uma mensalidade bem baixa.